Blockchain pode resolver burocracia brasileira

Vem aí o celular dobrável, que baixa filme em 3 segundos
11 de março de 2019
기사제보 바카라 신규가입쿠폰 및 루비바둑이게임 보도자료. 필리핀 카지노 슬롯 머신
5 de agosto de 2019

Blockchain pode resolver burocracia brasileira

A burocracia brasileira nasce da necessidade de realizar diferentes checagens de informações, documentos e outros fatores para garantir que o processo seja realizado com total segurança. O problema é que isso precisa ser feito em diferentes níveis, exigindo até mesmo atestados que comprovam a veracidade de um atestado.

Há um grande desafio em encontrar o ponto de equilíbrio entre a praticidade e a segurança das informações. Quem acompanha as tecnologias de blockchain sabe que a segurança das informações e praticidade são dois termos que aparecem bastante, portanto, temos aí uma ferramenta importante para enfrentar a burocracia e agilizar diversos processos.

A automatização é uma realidade que chegou para diferentes setores e que parece estar enfrentando certa dificuldade na área governamental. A tecnologia descentralizada seria muito bem-vinda em diversos setores, corrigindo problemas de ineficiência técnica.

Vamos imaginar uma situação em que alguém compra um imóvel e na hora de regularizar os documentos descobre que a escritura foi danificada ou perdida. Então é necessário entrar em um processo para conseguir segundas vias, verificar se as informações são verdadeiras através de auditorias em processos que demoram semanas e passam por diversos setores. Além da correria atrás de documentos, reconhecimento de assinaturas e autenticações de documentos.

Tudo isso acontece porque muitos desses documentos são guardados em forma física, ou então em servidores locais. Para um órgão acessar um documento em outro ponto, é necessário realizar requerimentos por escrito. Isso não só demora, como cria diversos processos que são, em sua essência, inúteis.

Temos então a blockchain, com a palavra-chave descentralização. Repositórios descentralizados, imutáveis e à prova de manipulação que podem ser acessados em qualquer lugar e são virtualmente à prova de falhas. Primeiramente, não teria como os “documentos” serem perdidos ou danificados, facilitando todo o processo desde o início. Se um cartório precisasse acessar um documento inicialmente arquivado em outro setor público, poderia ser feito através do acesso à plataforma blockchain, sem a necessidade de mandar pessoas fisicamente atrás do documento.

Esse exemplo trabalha apenas com o uso da blockchain como um grande servidor descentralizado que armazena informações, mas a tecnologia tem a capacidade de ser muito mais robusta e entregar mais do que apenas isso.

Isso pode ser feito através dos contratos inteligentes (muitas vezes chamados pelo nome original: smart contracts). Como o nome deixa bem claro, os contratos inteligentes são contratos executados através da blockchain onde uma série de processos podem ser determinados. Basicamente, um smart contract é uma expressão “se…então…” onde um resultado é obtido se certas especificações são encontradas.

Esses contratos podem ser usados para o pagamento de impostos, por exemplo. Isso traria muito mais facilidade para todo o procedimento, podendo ser completamente automatizado, além de aumentar a segurança e mitigar problemas de fraude.

Para estes fins, temos o exemplo da HM Revenue and Customs (Órgão governamental que cobra impostos na Inglaterra), que estuda o uso da blockchain par agilizar a burocracia no pagamento de impostos. Com a blockchain, a entidade acredita que pode ser capaz de diminuir drasticamente o processo administrativo, economizando mais de 200 milhões de euros por ano e diminuindo consideravelmente o número de pessoas envolvidas nos procedimentos do setor.

Essa diminuição é possível porque um contrato tradicional precisa de diferentes mediadores para ser escrito e muitos outros para ser cumprido. No caso da blockchain, o contrato é feito através de um código e, como muitos do setor sabem, “O código é a lei”.

Aumentando a eficiência técnica e diminuindo o número de terceiros em procedimentos simples, a tecnologia de blockchain pode se tornar a nova norma e agilizar consideravelmente a forma que governos e empresas atuam.

Fonte: Guia do Bitcoin

1 Comment

  1. Forex Review disse:

    Esse e a economia que a industria financeira global pode alcancar com Blockchain, segundo a McKinsey. Por esse motivo, TODAS AS GRANDES EMPRESAS estao se envolvendo. Alguns exemplos: Microsoft, IBM, Red Hat, Citi, JP Morgan, Delloite, EY, PwC, Accenture, Intel, Nasdaq. No Brasil, bancos ja estao desenvolvendo os primeiros cases.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *